25 abril 2009

A Importância de Ter Sua Logomarca Vetorizada

25.4.09

Como a grande maioria dos profissionais da área de Design e Web Design já sabem o significado da palavra “Vetor” e a importância da logomarca.

Vou tratar deste tema de forma um tanto menos técnica, para que aquele que está na outra ponta, proprietário, gerente ou responsável pela área de propaganda e divulgação de uma empresa, possa entender e até mesmo vir a procurar um profissional da área para orientá-lo nesta questão.

Todos que trabalham na área de criação, como eu, arte finalistas, designer, estamparias, gráficas, editoras e etc., sabem da importância de se ter a logomarca, logotipo ou mascote da empresa que lhes contratou, de preferência no formato correto.

Não generalizando, mas, na maioria dos casos o cliente tem no máximo um cartãozinho de visita que ele fez com um “rapaz que passa lá de vez enquanto”.

Em outros casos o cliente até tem um letreiro, que também foi feito pelo tal rapaz mas, ele não comprou os direitos sobre a arte, não a tem em CD, de forma Digital e nos formatos de arquivos editáveis, tipo “cdr, Eps, Cmx, Pdf, Psd e Aì” e por aí vai. Veja Lista de formatos de Arquivos gráfico.

No entanto ele não possui a própria marca (logomarca ou mascote), não sabe sequer o telefone do “rapaz”, ou não tem mais contato. Talvez ele possa ter um sobrinho (sabe aquele) que fez pra ele um "desdenhosinho" no Paint ou no Word, mas não é certo dele ainda ter. Geralmente ele acredita que lhe dando o cartãozinho de visitas, tudo se resolverá e o resto o computador faz.

Outros rapazes que por ventura venham a passar por lá oferecendo cartões, canetas, calendários e mais um monte de coisas, após fecharem alguma venda, dão-se conta de que o cliente não tem uma marca, eles até fazem o que podem, tiram foto do letreiro, “digitalizam o cartãozinho” e acabam vendendo o produto, mas, o cliente fica sempre apenas com o cartãozinho e mais nada.

Para entender melhor este processo, vamos por parte.

Logomarca: é composta por Logotipo e Símbolo. Veja alguns exemplos
Geralmente no momento da criação de uma logomarca, levamos em conta cores, design, formatos e o público a ser atingido, entre outros fatores técnicos que envolvem sua empresa, fazendo com que sua empresa seja reconhecida, não somente por seus produtos e serviços, mas, também pelo seu visual, sua logomarca.

Este é o significado de uma logomarca, levar ao cliente uma lembrança, de fácil interpretação e esteticamente agradável aos olhos.

Um bom exemplo seria a empresa Apple - especializada em tecnologia de informática, celulares entre outros aparelhos eletrônicos, ela é reconhecida por sua apetitosa "Maçã Mordida". Assim como outras como a Rede Globo e sua Bolinha de aço, a Coca-Cola e suas letras (fontes) rebuscadas, por aí vai.

Agora digamos que você é o proprietário de uma pastelaria, não precisa ser chinesa, qualquer pastelaria mesmo. Sua pastelaria está no mercado a um bom tempo, alguém diz pra você que terá uma feira de alimentação e você poderá participar, porém você terá que mandar confeccionar um (Banner) aquelas faixas, como eram chamadas antes das impressoras de Plotter.

No banner você terá que expor a marca de sua empresa e outras informações como o número da sua barraca, telefone para contato ou entrega, além das atividades é claro.

Você corre até um local que faça este tipo de trabalho. Chegando lá pede para ser confeccionado o tal banner, nas medidas que os organizadores do evento lhe passaram.

A pessoa que lhe atende pergunta a famosa frase, “ o senhor trouxe o texto e a sua logomarca ou logotipo?...e mais.....Está em que formato?....ela pergunta mais ainda...Em que mídia o senhor trouxe..? Pois é meu caro. Eu em seu lugar iria dizer: Sim (vetorizada e em ".cdr" e em curva), além de colocar o pendrive na mesa.

Mas, no seu caso, digamos que você não conheça e nunca ouviu falar em vetores .cdr e muito menos em curva, talvez até nem saiba o que é mídia!...E daí, qual é o problema, ninguém nasce sabendo nada, a não ser “mamar e chorar” que é instintivo.

É para isso que existem blogs como o meu. Para que pessoas como você, que não é obrigado a saber de tudo, possa aprender.

Então vamos lá:
Em primeiro lugar, o importante e não ter vergonha de não saber do que se trata, pois a mocinha que está do outro lado do balcão também não sabia até alguém ensiná-la.

Depois é procurar uma orientação de um profissional, saber preços e possibilidades para ter este material disponível em suas mãos. Afinal de contas a empresa é sua e quem tem que ter a “logomarca ou mascote” é você e não o “rapaz do cartãozinho”.

Outra coisa importante é saber que você um dia irá precisar e talvez não dê tempo de confeccionar naquele momento. Com isso você pode estar perdendo algumas oportunidades de negócios, até mesmo de patrocínios algo que lhe renderiam bons frutos no futuro.

Outro exemplo: Seu filho está jogando num time da escola e será realizado em grande torneio em que os alunos precisarão de umas camisas e shorts.

Seu filho chega pra você e pede pra você patrocinar as camisas e os shorts, visto que você é pai e possui uma pastelaria e isso seria uma boa oportunidade de expor seu negócio a outras pessoas, de forma a garantir possíveis consumidores e é claro, seu filho iria ficar orgulhoso do papai.

É nessa hora que o bem dito “vetor” e o tal “.cdr” entram em campo e caso você não tenha, farão a maior falta, pois para se fazer uma estampa em camisa é necessário fazer antes uma tela de “nylon”.

Antigamente usava-se a “tinta nanquim” e papel vegetal, depois passava-se para as telas, logo que as telas estivessem prontas era a vez do tecido. Estampa-se cor por cor, caso sua marca tenha mais de uma cor e você quer que todas sejam impressas no material (tecido)

Hoje com o advindo do computador as coisa mudaram, não muito neste caso, pois a “tela de nylon” e o “papel vegetal” ainda perduram, mas, os desenhos já não são mais feitos em “nanquim” e sim em programas de computador e em formatos como este que estou abordando “CDR” o “Vetor”.

Um entre outros fatores, são as tais curvas que envolvem as fontes (=letras) utilizadas na criação da logomarca. Elas são convertidas para desenho (curvas) pare que possa ser editada em qualquer computador, (claro, que possua o programa de origem ou compatível com o formato).

Não havendo que instalar as fostes (=letras) originais no computador de todos por onde sua logomarca passar até que seja confeccionada a tal camisa ou outro produto.

Voltando ao seu patrocínio, você não vai querer decepcionar seu filho e tratará de fazer as camisas. Mais uma vez terá o produto e não a sua logomarca, porque?...

Porque a pessoa que for fazer a camisa também irá precisar do bendito ARQUIVO “.CDR” o “VETOR” de sua (logomarca, empresa). Só que como você não a tem, a pessoas não lhe dará isso de graça. Ela fará as camisas, talvez usando o mesmo cartãozinho que você fez com o “rapaz aquele” e Zé fini.

O trabalho que ele teve para "vetorizar" a "sua logomarca", talvez ele não cobre, mas não lhe entregará os arquivos, mais do justo, afinal ele só foi contratado para estampar a mesma.

Como disse, para se ter uma “logomarca, logotipo ou mascote” além dos seus arquivos gravados em cd, com os direito de uso mais a papelaria, porcentagens de cores, dimensões, fontes utilizadas e outros itens que componham o pacote que você venha a adquirir.

Para isso basta um pouco de informação e um capital disponível. Depois é preciso procurar um profissional da área que possa confeccionar este material para você.

Desta forma você nunca mais terá dificuldades em patrocinar ou divulgar sua empresa em qualquer tipo de “mídia” nesse caso as “mídias” impressas como revistas, jornais ou até mesmo em camisas do time do seu filho, nas mídias televisivas, internet e em propagandas publicitárias, banners, letreiros, uniformes, frotas de veículos, brindes e até mesmo no seu cartãozinho de visitas.

Sua marca estará sempre igual, sem perder as características, cores e formatos no qual você comprou, pagou e aprovou como sendo a sua "cara", sua marca, sua identidade.

Na próxima vez que alguém passar no seu estabelecimento comercial para lhe vender uma propaganda (mídia) ou até mesmo aquele cartão de visita, você já poderá dizer que já possui a sua logomarca e já está em curva em cdr (vetorizada), com isso seu trabalho poderá ficar até mais barato do que ficaria., pois a parte mais difícil de uma criação já está resolvida.

Texto: Léo Silveira
Maiores informações, entre em contato aqui.


This work is licensed under a
 Licença Creative Commons
A Importância de Ter Sua Logomarca Vetorizada de Elieser da Silveira é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Permissões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://corelnaveia.blogspot.com.br/p/contato.html.

Espero ter ajudado.
Material Publicado na Edição 80/Maio/2009 da Revista
Serigráfico & Digital
Editora Serinews - Visão de Futuro.
Acesse e Conheça você também.
www.serinews.com.br/ "Novo Portal"
Meu eterno agradecimento ao Editor e Diretor: Marco Marcelino.
Leia também no Blog:
Crie o Logo Perfeito

Lei também Logomarca: um erro

"Vetores são entidades definidas matematicamente como uma série de pontos unidos por linhas. Cada vetor é uma entidade independente com propriedades como cor, forma, contorno, tamanho e posição na tela, incluídas na sua definição".

http://www.ajs.com.br/vetorizacao/index

Quer ter sua Marca Padronizada? Entre em contato conosco para uma avaliação e orçamento. Veja também nosso Portfólio para conferir alguns de Nossos Trabalhos.
Enhanced by Zemanta

Postado por

Elieser da Silveira ou Léo, para os íntimos é o idealizador, redator, editor e um dos pioneiros no Brasil no uso e divulgação do Aplicativo de Design Gráfico CorelDraw. Usuário apaixonado desde a versão 2.1, dedica grande parte de seu tempo em compartilhar seu conhecimento e arquivos gráficos, através deste espaço. Design Gráfico, arte finalista, marido, pai e compartilhador do saber!

12 comentários:

  1. Parabéns parceiro!!!!
    Excelentes informações pra muitas pessoas, principalmente pra quem ta engatinhando nessa área ,como eu!
    PARABENS NOVAMENTE!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom teu blog!!! ótimas informações....parabéns!!!!
    obrigada por passar la no meu e dar dica!!!

    ResponderExcluir
  3. Fala Leo depois se tiver um tempinho da uma passada no meu blog, eu Mudei o tema do cabeçalho..
    Vlw...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texto, achei bem descontraido, facil de entender e ajudou bastante... Tava procurando sobre formatos o qual salvar a logo marca. acabei de vetorizar e nao sabia mais oq fazer, é que é a primeira vez, tanto usando o Corel quando criando uma logo :p
    abraço!

    ResponderExcluir
  5. É importante ter os logos vetorizados E em formatos abertos. O CDR é proprietário da Corel. É importante ter também em SVG que é um padrão aberto e uma norma da ISO.

    ResponderExcluir
  6. Beleza galera, mas registrar esta marca é fundamental...ok?!

    ResponderExcluir
  7. Muito legal seu BLOg ... eu sou uma "imbecil" no assunto ... mas precisei muito agora desta informação ... obrigadaaaaaaaaaaaa!!! Jacqueline Branco.

    ResponderExcluir
  8. Só esqueceu de esclarecer que o termo "logomarca" não existe, já que é formada por duas palavras de mesmo significado "logo" do grego + "marka" do alemão. É o mesmo que falar fishpeixe, é redundante.

    ResponderExcluir
  9. Caro JMiani, conforme dito no promeiro parágrafo logo na segunda frase " Vou tratar deste tema de forma um tanto menos técnica, para que aquele que está na outra ponta"... Sei que é redundante sim, na época até pensei em esclarecer sobre este fato que, nós dá área conhecemos, mas quem não é não conhece. O termo Logomarca é mais claro na grade maioria de nossos clientes.
    Além de ser um tema a parte para outro post. Mesmo assim agradeço a observação e é claro o complemento adicional de sua parte. Grato pela visita e interação.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo seu Blog, se todo mundo pensar como vc, o mundo com certeza será muito melhor, compartilhar as coisas com outras pessoas é um mandamneto de DEUS. Meus Parabéns continue assim.

    ResponderExcluir
  11. Obrigado Lívia.

    Quanto a ser um mandamento de "deus", eu não posso afirmar ao certo, mas que o mundo seria muito melhor, isso sim, posso afirmar com toda certeza.

    Conhecimento não é propriedade que se possa privar ou Privatizar, deve ser de todos, para todos e por todos.

    Compartilhar conhecimento, este sim é afirmativamente um mandamento dos "deuses".

    Grato pela participação e inscrição no Canal Corel na Veia, seja sempre bem vinda.

    ResponderExcluir

Fique a vontade para Comentar:

Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

Leia as regras na Página Contato:
Aqui o espaço é meu, é seu, é nosso!!! Corel na Veia, sempre fazendo o melhor por você.

 

© 2014 Corel na Veia. All rights resevered. Designed by Templateism

Back To Top